Estoque total de crédito no Brasil cresce 1% em março

O crédito total disponibilizado pelo sistema financeiro no Brasil, incluindo recursos livres e direcionados, cresceu 1 por cento em março, chegando a 46,4 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ou 1,752 trilhão de reais.

REUTERS

27 de abril de 2011 | 10h49

No trimestre, o crédito cresceu 2,7 por cento e, em doze meses, 20,7 por cento, informou o Banco Central nesta quarta-feira.

"A evolução do crédito bancário no primeiro trimestre do ano, em linha com a acomodação da atividade econômica, foi condicionada pelo relativo arrefecimento no ritmo de expansão das carteiras de recursos livres, o qual refletiu, entre outros fatores, as medidas macroprudenciais adotadas recentemente", afirmou o BC em nota, destacando uma menor demanda por crédito para aquisição de veículos.

O BC passou a exigir mais capital dos bancos para a concessão de financiamento de longo prazo à pessoa física em dezembro, em um esforço para conter o consumo em meio à alta da inflação.

Os dados mostraram ainda que a inadimplência ficou em 4,7 por cento em março, estável ante o patamar de fevereiro. O spread bancário aumentou 0,7 ponto, a 26,8 pontos percentuais.

As operações com recursos livres, cujas taxas não são fixadas por programas governamentais, aumentaram 1,1 por cento no mês passado, enquanto o crédito com recursos direcionais aumentou 0,9 por cento.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Mais conteúdo sobre:
BACENCREDITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.