'Estrela da arquitetura' completa 100 anos, diz FT

Em entrevista ao jornal britânico, Niemeyer disse sua arquitetura é 'das curvas'.

BBC Brasil, BBC

15 de dezembro de 2007 | 17h35

O jornal britânico Financial Times destaca em reportagem publicada na edição deste sábado o centenário de Oscar Niemeyer, "uma das primeiras estrelas da arquitetura e talvez o maior arquiteto ainda vivo".A reportagem intitulada Feliz Século, caro Oscar é assinada pelo repórter Edwin Heathcote, que relata seu encontro com Niemeyer no escritório do arquiteto no Rio de Janeiro. Na entrevista, Niemeyer disse que há uma diferença básica entre ele e outros arquitetos."Enquanto eles priorizam o ângulo e a linha reta, eu sempre desenho com as montanhas do Rio diante dos meus olhos. A minha arquitetura é das curvas, do corpo de uma mulher, de um rio tortuoso, das ondas do mar." O jornalista ainda destaca a amizade entre o arquiteto e o líder cubano Fidel Castro, que um dia teria dito: "Oscar Niemeyer e eu somos os últimos comunistas deste planeta".A reportagem faz uma recapitulação da carreira e da vida do arquiteto, "pioneiro de um modernismo menos obcecado com o funcionalismo e mais preocupado com a forma expressiva, fluidez e acrobacias estruturais"."O ponto alto da carreira de Niemayer veio da amizade com o presidente Juscelino Kubitschek, que o encarregou de criar a arquitetura oficial de Brasília. Seu prédios governamentais grandiosos e a Catedral de Brasília foram fundamentais para dar a cara da cidade".O arquiteto ainda disse ao FT que "a arquitetura não é tão importante, a vida é que é importante e ela passa muito rápido".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.