Estrelinhas de manteiga

A história da doceira Pati Piva na cozinha começou bem antes de os seus bolos e doces de casamento caírem no gosto da clientela. Ela trocou a indústria farmacêutica pela culinária, há quase 15 anos, por causa de biscoitos de canela.Veja também: Receita, passo a passo, do biscoito de Natal, por Pati PivaCom o limoncello até a nonna fica alegrinhaEncantos no vidro de azeiteAntes azedo, agora doceUm trabalho valioso e doce Pimenta de morder Ela é a cara do NatalNa época, recém-chegada ao País depois de três anos morando em Baltimore, Pati quis presentear as cunhadas com uma cesta natalina recheada de quitutes feitos por ela. De pães de mel a biscoitos. "Montei 18 cestas. Deixei a casa de pernas para o ar."Deu tão certo que ela foi intimada pela cunhada Eliana Tranchesi, dona da Daslu, a preparar os biscoitos que seriam servidos durante um desfile. Milhares de biscoitinhos depois, vieram os chocolates, os docinhos, os bolos e o quinto ponto de venda, uma loja inaugurada na semana passada, no Iguatemi. E, claro, mais biscoitos, que chegam às lojas, agora em formatos de bonecos de neve e casinhas decoradas para o Natal (tel. 3758-1174).São os biscoitos amanteigados que Pati ensina a fazer ao lado. Para dar um tom mais brasileiro, ela substituiu a farinha de amêndoas por uma de castanha-do-pará.PARA VOLTAR A SER CRIANÇAFazer biscoitos é uma festa. Mas para manter a ordem na cozinha, vale a regra de separar antes ingredientes e utensílios. Se você não tem força (o meu caso), misture a manteiga e o açúcar com a batedeira. Depois é melhor enfiar, literalmente, a mão na massa para transformar farinha e manteiga numa mistura homogênea. A partir daí as crianças podem entrar na brincadeira. Você também voltará a ser uma na hora de dar forma aos biscoitos e decorá-los como a imaginação e a gula permitirem. Minha primeira fornada assou demais. Por isso, a dica: não espere que os biscoitos escureçam no forno. Depois de frios, eles atingem o ponto ideal.

Lucinéia Nunes,

10 de dezembro de 2009 | 12h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.