Estudante chinês recita, de memória, 67.890 dígitos de pi

Um estudante chinês chamado Lu Chao levou 24 horas e quatro minutos para recitar, de memória e sem nenhum erro, 67.890 dígitos do número pi, feito que representa um recorde mundial, informa a agência de notícias estatal chinesa, Xinhua.Lu, um estudante universitário da província de Shaanxi, realizou a proeza há um ano, mas só agora o recorde foi oficialmente homologado pelo livro Guinness. O recordista gastou mais de dez horas de treino ao dia, durante as férias de verão de 2005, para bater a marca anterior, de um japonês que recitara 42.195 dígitos, em 1995. Lu pretende escrever um livro sobre o feito.Pi representa a razão entre o perímetro e o diâmetro de uma circunferência. É um número irracional, com infinitos dígitos que ocorrem sem um padrão aparente. Trata-se um número importante em uma série de aplicações, da arquitetura à física avançada. Para a maioria das finalidades práticas, no entanto, basta o conhecimento de algumas poucas casas decimais. Uma aproximação muito comum para pi é 3,1416. O valor de pi, até a 50ª casa, é 3,14159 26535 89793 23846 26433 83279 50288 41971 69399 37510.

Agencia Estado,

27 de novembro de 2006 | 14h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.