Estudante é eliminado do Enem por pular muro em BH

Um estudante foi eliminado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por ter pulado o muro da Escola Estadual Governador Milton Campos, no bairro de Lourdes, região centro-sul de Belo Horizonte, após ter encontrado os portões fechados. A organização do exame não revelou o nome do candidato, mas confirmou que o próprio rapaz assumiu ter chegado fora do tempo permitido para a entrada no sábado, primeiro dia de realização das provas.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

04 de novembro de 2012 | 15h05

Ainda no sábado, pelo menos seis pessoas ficaram fora da escola, mas o único problema, segundo os organizadores do Enem na instituição, foi com o jovem pulou o muro. Ele tentou entrar na sala onde faria as provas cerca de 20 minutos após o fechamento dos portões alegando que estava no banheiro. Diante do questionamento dos monitores, o estudante assumiu que havia chegado atrasado, pediu para que não fosse acionada a polícia e concordou em deixar o local sem fazer o exame.

Neste domingo, a chegada dos estudantes na escola, conhecida como Estadual Central e que já teve alunos célebres como a presidente Dilma Rousseff, foi tranquila e nem mesmo trânsito os candidatos tiveram que enfrentar.

Tudo o que sabemos sobre:
educaçãoEnemdocumentoPorto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.