Estudante é morta por ex em universidade em Santos

A universitária Margareth Emilliane Pereira Tomaz morreu hoje após ser golpeada no pescoço com uma tesoura por seu ex-marido, dentro da Universidade Santa Cecília (Unisanta), em Santos, no litoral paulista. De acordo com informações da Polícia Civil, Reginaldo da Rocha Soares é ex-aluno da instituição, onde cursou farmácia até 2005, e usou uma carteirinha antiga para entrar no local.

REJANE LIMA, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 17h19

A estudante, de 29 anos, que cursava o quarto ano de farmácia, saiu da sala de aula e foi conversar com o ex-marido em um laboratório vazio. Após discutirem, Soares a golpeou três vezes no pescoço, saiu do laboratório e informou que uma aluna estava passando mal. Seguranças da instituição suspeitaram e o detiveram até a chegada da polícia.

Margareth rompeu no último dia 10 um relacionamento de 11 anos com Soares. Ela foi levada à Santa Casa de Santos. Soares, que já tinha passagem pela polícia, foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Defesa da Mulher da cidade, onde confessou o crime.

Tudo o que sabemos sobre:
homicídioSantosuniversidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.