Estudantes ajudarão passageiros no metrô de SP

A partir de quinta-feira, 200 estudantes inscritos no programa Jovem Cidadão começarão a auxiliar os funcionários da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) na condução de passageiros com mobilidade reduzida e prestação de informações nas Estações Sé, Barra Funda, Corinthians-Itaquera, Anhangabaú, Paraíso, São Bento e Luz. Os jovens usarão camisetas azuis com o logotipo da empresa. Eles foram contratados em regime de trabalho temporário e receberão um salário mínimo, cesta alimentação, vale-refeição, vale-transporte e seguro de acidente pessoais, por um período de seis meses. Amanhã, dez jovens, representando os demais, serão apresentados ao governador José Serra (PSDB) durante a entrega das estações USP Leste e Comendador Ermelino, da Linha F (Brás-Calmon Viana) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

28 de janeiro de 2008 | 20h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.