Estudantes da USP fazem passeata de 20 minutos

O objetivo do protesto é marcar posição contra a ação policial que levou à desocupação do prédio da diretoria da Unesp de Araraquara

Agencia Estado

22 de junho de 2007 | 16h36

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os estudantes e funcionários da Universidade de São Paulo que realizaram protesto nesta manhã pelas ruas do bairro do Butantã se concentraram, às 11h20, na esquina da Rua Alvarenga com a Avenida Afrânio Peixoto, mas já às 11h45 tinham encerrado a manifestação e retornado para a Cidade Universitária. O movimento havia anunciado que bloquearia nesta quinta-feira, 21, pela manhã, as entradas da Cidade Universitária, no Butantã. Como o campus da USP é um importante corredor da zona oeste, temia-se que o protesto comprometesse o trânsito na região da Marginal do Rio Pinheiros.Segundo a CET, a cidade tinha 54 quilômetros de lentidão às 11h30, sendo que a média para o horário é de 123 quilômetros.O objetivo do protesto era marcar posição contra a ação policial que desocupou o prédio da diretoria da Unesp de Araraquara na última quarta-feira, 20, e contra a posição da reitora Suely Vilela de só entrar em negociação depois que a reitoria da USP for desocupada pelos grevistas.A ocupação da reitoria da USP completa 50 dias nesta quinta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
uspocupaçãopasseata

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.