Estudo avalia se dengue pode afetar o coração

Estudo da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp) aponta que o vírus da dengue também pode atacar o coração. Uma mulher de 29 anos que morreu na cidade em 2011 teria sido a primeira no Brasil de que se tem notícia a ter perdido a vida dessa forma.

RENE MOREIRA, ESPECIAL PARA O GRUPO ESTADO, Agência Estado

12 de setembro de 2012 | 09h53

Outros 12 pacientes mortos com dengue tiveram seus casos analisados na Faculdade de Medicina da Unaerp. No caso de maior destaque, a doença evoluiu para uma miocardite, que teria provocado a parada cardíaca que matou a mulher.

De acordo com os pesquisadores, há casos semelhantes em locais como Tailândia e Índia. Mas, diferentemente do ocorrido nesses países, que envolveu o tipo 3 do vírus, em Ribeirão Preto a ação se deu com o vírus tipo 1, algo até então desconhecido. Esse caso chamou atenção porque a mulher não vinha tomando medicamentos e não tinha histórico de doenças cardiovasculares. Ela apresentou o primeiro sintoma da dengue e morreu três dias depois. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdedenguecoraçãoUnaerp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.