Estudo faz pensamento mover braço mecânico

Duas pessoas que estavam paralisadas do pescoço para baixo aprenderam a controlar um braço robótico com a força do pensamento e o utilizaram para alcançar e segurar objetos. Um dos pacientes, uma mulher, conseguiu levar uma garrafa de café com um canudo para a boca e bebê-lo - foi a primeira vez que ela conseguiu se servir sozinha nos últimos 15 anos, desde o dia em que sofreu um AVC e perdeu o controle dos movimentos.

O Estado de S.Paulo

17 Maio 2012 | 07h45

O trabalho científico está descrito em um artigo publicado na revista Nature. É a primeira vez que cientistas mostraram que humanos com graves lesões no cérebro podem controlar um braço mecânico com o uso de pequenos implantes cerebrais capazes de enviar sinais neurais para um computador.

Estudos anteriores já tinham mostrado que humanos podem aprender a mover um cursor de computador com o pensamento. Além disso, o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis já tinha conseguido mover um braço mecânico com eletrodos instalados no cérebro de macacos.

A tecnologia ainda está em fase de testes, mas o novo estudo da Nature representa um passo importante, pois oferece evidências palpáveis de que membros mecânicos controlados pelo cérebro poderão ser usados no futuro para ajudar pessoas com deficiências motoras. / NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.