Estudo liga consumo de álcool a risco de câncer de cólon

Trabalho acompanhou 480.000 homens e mulheres de dez países da União Européia, ao longo de seis anos

Efe,

30 Julho 2007 | 16h17

Beber uma taça grande de vinho ou pouco mais de meio litro de cerveja ao dia aumenta o risco de contrair câncer de cólon em 10%, de acordo com estudo de cientistas britânicos.   Publicado na edição desta segunda-feira, 30, da revista especializada International Journal of Cancer, o trabalho indica, ainda, que o consumo de duas taças grandes ou um litro de cerveja elevam a chance de desenvolver a enfermidade em 25%.   A organização Cancer Research UK acompanhou 480.000 homens e mulheres de dez países da União Européia, ao longo de seis anos. Nesse período, 1.833 dessas pessoas desenvolveram o mal.   Segundo o responsável pelo estudo, Tim Key, o trabalho mostra "de forma clara" que, quanto maior o consumo de álcool, maior a chance de desenvolver a doença.

Mais conteúdo sobre:
câncer cólon álcool

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.