ETH prevê aumento de 63% na moagem de cana em 2012/13

A ETH Bioenergia, empresa da Organização Odebrecht, estima para a temporada 2012/13 uma moagem de 20,3 milhões de toneladas de cana, ante as 12,45 milhões de toneladas na temporada anterior, o que representa um aumento de 63 por cento.

Reuters

10 de julho de 2012 | 16h44

Já a produção de açúcar é projetada em 578,6 mil toneladas, ante 178,9 mil tonelada na temporada passada, informou a companhia nesta terça-feira.

A produção de etanol também deverá saltar para 1,43 bilhão de litros, ante 943,6 milhões de litros na temporada anterior.

O aumento expressivo da produção é reflexo da maturação de um investimento de 8 bilhões de reais iniciado em 2007, cuja primeira fase foi concluída em dezembro de 2011, com a inauguração da nona unidade da ETH.

A empresa, que atua na produção e comercialização de etanol, energia elétrica e açúcar, possui uma capacidade de moagem de 40 milhões de toneladas de cana por safra.

Na safra 2012/13, a área plantada da companhia atingirá 400 mil hectares.

A ETH Bioenergia atua no setor há cinco anos e tem unidades nos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

INTERNACIONALIZAÇÃO

Outra etapa dos planos se refere ao programa de internacionalização da companhia, com a implantação da Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom), primeira usina do país africano, prevista para 2013.

A expectativa é que essa usina tenha capacidade de moagem de 2 milhões de toneladas de cana por ano, com a produção de 200 mil toneladas de açúcar cristal, destinado ao mercado angolano. (Reportagem de Patrícia Monteiro)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODITIESCANA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.