'Eu era muito generosa', diz Dilma sobre antigos elogios a Aécio

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, disse nesta segunda-feira que "era muito generosa" quando elogiou seu rival nas eleições, o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB), e que depois passou a ser mais "crítica".

REUTERS

20 de outubro de 2014 | 20h25

"Eu era generosa, muito generosa, eu diria excessivamente generosa, eu fiquei bastante crítica, porque a gente conhece as pessoas, acaba conhecendo, infelizmente", afirmou Dilma a jornalistas em um hotel em São Paulo.

O programa eleitoral de Aécio tem exibido nos últimos dias declarações da presidente, feitas em 2009, nas quais ela elogia o então governador de Minas.

“O governador Aécio Neves é um dos melhores governadores do país”, diz umas das peças de propaganda na TV, informando que a declaração de Dilma foi realizada à Rádio Itatiaia, em 17 de abril de 2009. Após a exibição desse trecho da entrevista, o locutor do programa tucano afirma: “Aécio é aprovado até pela Dilma”.

Antes de comentar a propaganda eleitoral a pedido dos jornalista, Dilma aproveitou para falar de sua proposta de ampliação da banda larga no país.

"Nosso objetivo, até 2018, é universalizar a Internet em banda larga, utilizando um modelo misto, público-privado, na construção de redes de fibra óptica pelo Brasil afora... nós acreditamos que chegaremos a 90 por cento dos domicílios do Brasil", disse a presidente.

"A Internet tem a mesma importância que a universalização, por exemplo, da energia elétrica, é um dado de consumo que a gente não pode deixar de considerar como integrante da vida das pessoas", acrescentou.

(Reportagem de Tatiana Ramil)

Mais conteúdo sobre:
ELEICOES2014DILMAGENEROSA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.