EUA alertam sobre risco de se ingerir soníferos

Todos os soníferos podem, às vezes, causar um estranho - porém mortal - efeito colateral: fazer com que usuários dirijam seus carros dormindo, informou nesta quarta-feira, 14, a Administração Federal de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. O efeito é similar ao sonambulismo, mas mais perigoso: após usar um sonífero, o motorista pode dirigir enquanto não está totalmente acordado, sem ter consciência ou lembranças do ocorrido.A FDA ordenou que fabricantes desse tipo de remédio indiquem na embalagem dois efeitos colaterais raros, mas sérios: "Comportamentos complexos relacionados à dormência", como dirigir, fazer ligações telefônicas ou comer enquanto dorme; e "reações alérgicas mortais", assim como grandes inchaços faciais - efeitos que podem ocorrer na primeira ingestão do remédio. Além disso, a FDA pediu aos fabricantes norte-americanos que escrevam cartas aos médicos para notificá-los sobre tais perigos. A Administração Federal também afirmou que pequenos manuais explicativos, com linguagem acessível ao público, sobre o risco de ingerir soníferos deverão acompanhar esses medicamentos.Raros efeitosNão foi divulgado o número exato de casos de "sonambulismo na direção", mas a FDA disse que "houve relatos raros de eventos adversos" ocorridos por causa de soníferos."Devido à potencialidade de causar embaraço e/ou exposição legal, as pessoas estão menos propensas a relatar alguns dos mais complexos comportamentos do sono. Desse modo, a FDA está preocupada com a possibilidade de haver diversas ocorrências não relatadas desses acontecimentos", disse a porta-voz da FDA, Kimberly Rawlings. "É importante alertar as pessoas sobre o risco dos comportamentos complexos do sono, especialmente a possibilidade de se dirigir dormindo, devido à potencialidade desta atividade causar ferimentos ou morte tanto para os pacientes quanto para a comunidade."Todos produtos desse tipo, conhecidos como produtos sedativo-hipnóticos, trazem esse raro risco, acrescentou a FDA. Porém algumas drogas podem causar mais problemas do que outras. Por isso, a FDA recomenda que os fabricantes façam testes clínicos para descobrir os efeitos colaterais.Os medicamentos são: Ambien, Butisol sodium, Carbrital, Dalmane, Doral, Halcion, Lunesta, Placidyl,Prosom, Restoril, Rozerem, Seconal e Sonata.

Agencia Estado,

14 de março de 2007 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.