EUA aprovam plano de indenização por perdas no IPO do Facebook

Reguladores dos Estados Unidos aprovaram nesta segunda-feira um plano para indenizar investidores que perderam dinheiro na oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Facebook na bolsa Nasdaq.

Reuters

25 de março de 2013 | 12h34

A Nasdaq, uma unidade do grupo Nasdaq OMX, propôs uma compensação revisada de 62 milhões de dólares as corretoras que perderam dinheiro.

A decisão da comissão de valores mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) é uma resposta a falhas técnicas que atingiram o mercado no ano passado, inclusive no tão esperado IPO da rede social.

O IPO de 18 de maio, que levantou 16 bilhões de dólares, foi inicialmente atrasado em 30 minutos devido a um problema técnico na Nasdaq.

A bolsa decidiu então negociar a ação utilizando um sistema secundário, o que ocasionou atrasos nos pedidos de compra e venda e na confirmação das operações para muitos clientes. Isso custou a alguns investidores e corretores grandes perdas já que o preço das ações caíram após um ganho inicial.

(Por Jennifer Saba)

Tudo o que sabemos sobre:
TECHFACEBOOKLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.