EUA citam Brasil entre 20 maiores produtores de drogas

O Brasil está na lista dos 20 principais países produtores de drogas e nações que funcionam como corredores de tráfico de narcóticos no mundo, ao lado do Afeganistão, Bahamas, Bolívia, Mianmar, Colômbia, República Dominicana, Equador, Guatemala, Haiti, Índia, Jamaica, Laos, México, Nigéria, Paquistão, Panamá, Paraguai, Peru e Venezuela. A lista foi anunciada hoje pelo presidente George W Bush. O Brasil entrou na lista pelo sétimo ano consecutivo - nesse período, China, Tailândia e Camboja foram retirados do grupo por melhoras no combate ao narcotráfico. No memorando, Bush critica Venezuela e Mianmar por não estarem "cumprindo os acordos internacionais de combate às drogas". Os dois países estão sujeitos a corte nos programas de ajuda que recebem do governo americano. Mas, na Venezuela, programas de "incentivo à democracia" serão poupados. Os países que entram na lista são aqueles que plantam pelo menos mil hectares de coca, papoula ou cinco mil hectares de maconha por ano. Um país é designado "país corredor de tráfico" quando é uma fonte significativa de drogas que entram nos Estados Unidos.

PATRÍCIA CAMPOS MELLO, Agencia Estado

17 de setembro de 2007 | 19h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.