EUA dizem monitorar movimentação de armas químicas da Síria

Os Estados Unidos estão monitorando de perto o arsenal de armas químicas da Síria e "consultando ativamente" vizinhos de Damasco, em meio a preocupações com a segurança dessas armas e de responsabilidade da Síria para protegê-las, disse a Casa Branca neste sábado. "Acreditamos que o estoque de armas químicas da Síria permanece sob controle do governo sírio," disse o porta-voz da Casa Branca Tommy Vietor. "Dada a escalada da violência na Síria e crescentes ataques do regime de seu povo, continuamos muito preocupados com essas armas." Essa foi a resposta da Casa Branca a uma pergunta sobre a declaração de um desertor militar síria de que as forças do presidente Bashar al-Assad moviam armas químicas em todo o país para possível uso contra a oposição, em uma retaliação militar pelo assassinato de quatro altos oficiais de segurança. "Além de monitorar seus estoques, estamos ativamente em consulta com os países vizinhos da Síria, e nossos amigos da comunidade internacional - para ressaltar a nossa preocupação comum sobre a segurança dessas armas, e obrigação do governo sírio para protegê-las", Vietor disse. (Reportagem de Matt Spetalnick)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.