EUA elevam sua emissão de gases do efeito estufa em 0,6%

As emissões de gases do efeito estufaaumentaram no ano passado, nos Estados Unidos, em 0,6%, com relação a2004, segundo um estudo divulgado pela Administração deInformação Energética do país (EIA).As emissões destes gases, chegaram, em 2005, a 7,147 bilhões detoneladas de dióxido de carbono, enquanto em 2004 o númerofoi de 7,105 bilhões de toneladas. Cerca de 83% dos 7,147 bilhões de toneladas eram dedióxido de carbono procedente de combustíveis de origem fóssil,como o petróleo, o carvão e o gás natural. O Protocolo de Kyoto, que entrou em vigor em 16 de fevereiro de2005, impõe às nações industrializadas limites obrigatórios deemissões de dióxido de carbono (umas das principais causas doaquecimento global), com o objetivo de reduzi-las em 5,2% entre osanos de 2008 e 2012, em relação aos níveis registrados em 1990.Os Estados Unidos rejeitaram o Protocolo pois, segundo aCasa Branca, as reduções previstas por Kyoto poderiam prejudicar suaeconomia. Desde 1990, as emissões de gases do efeito estufa aumentaram em17% nos Estados Unidos. O país é o que mais energia consome no mundo, além de serresponsável pela maior parte das emissões de gases do efeito estufa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.