EUA endurecem restrições a vistos para visitantes

Governo americano vai exigir que turistas que não precisam de visto se registrem online

Da BBC Brasil, BBC

04 de junho de 2008 | 03h05

Os Estados Unidos vão endurecer as restrições aos turistas, de modo a obter informações antecipadas sobre todos os visitantes que pretendam entrar no país, mesmo os que não precisam de vistos. O secretário de Segurança Doméstica dos Estados Unidos, Michael Chertoff, disse nesta terça-feira, 3,  que os visitantes que não precisam de vistos terão que se registrar na internet em um site do governo americano. A medida de segurança, que entrará em vigor no ano que vem, vai exigir o registro dos visitantes pelo menos três dias antes de sua visita. O registro online permanecerá válido por um período de dois anos, disse Chertoff. Segundo ele, a medida vai afetar turistas de 27 países, entre eles o Japão e países da Europa ocidental, e permitirá aos EUA analisar os visitantes antes de sua viagem. A Confederação da Indústria Britânica disse ter recebido garantias de que as regras vão acomodar passageiros de última hora. O programa que isentava turistas de vistos havia sido iniciado em 1986 "com o objetivo de eliminar as barreiras desnecessárias às viagens estimulando a indústria do turismo", segundo o site do Departamento de Estado americano. O novo programa será lançado em agosto deste ano e se tornará obrigatório a partir do dia 12 de janeiro. Um porta-voz do Departamento de Segurança Doméstica afirmou que os novos registros vão exigir as mesmas informações que o formulário I-94, atualmente preenchido na chegada ao país por visitantes que não precisam de visto. As informações incluem o número do passaporte, país de residência, e qualquer envolvimento em atividades terroristas. O novo Sistema Eletrônico dos EUA para Autorização de Viagem (ESTA, na sigla em inglês), tem como objetivo dificultar a entrada de terroristas em potencial no país. O programa de isenção de vistos vinha sendo criticado por legisladores americanos, que temem que militantes que sejam cidadãos desses países possam entrar no país muito facilmente.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAvistos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.