EUA se oferece para destruir produtos químicos da Síria

Os Estados Unidos se ofereceram para destruir os produtos químicos prioritários da Síria, afirmou neste sábado a Organização para Proibição de Armas Químicas (Opaq).

Reuters

30 de novembro de 2013 | 09h57

A instituição, que atua como cão de guarda sobre o uso desses armamentos, informou que as operações serão realizadas em um navio dos EUA usando o método da hidrólise, somado a uma embarcação naval que passava por modificações para apoiar as operações.

A Opaq afirmou ainda ter recebido sinalizações de 35 empresas interessadas na destruição do arsenal químico da Síria.

"Os Estados Unidos se ofereceram para contribuir com uma tecnologia de destruição, suporte operacional completo e financiamento para neutralizar substâncias químicas prioritárias da Síria", disse a organização em um comunicado.

(Reportagem de Sara Webb; Edição de Janet Lawrence)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAARMASQUIMICAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.