Europa simula chegada de cargueiro teleguiado à ISS

A nave de carga Jules Verne, criada pela ESA, será lançada pela primeira vez em 2008

Efe,

09 de agosto de 2007 | 18h36

Três centros de controle de vôos em Toulouse (França), Houston (EUA) e Moscou realizaram com sucesso uma primeira simulação do acoplamento da Estação Espacial Internacional (ISS) com o cargueiro Jules Verne, que será lançado no próximo ano.   "O resultado desta simulação prova que o sistema funciona bem e assim os parceiros dos europeus, que são os fabricantes da Jules Verne, sabem que estamos indo pelo caminho certo para termos sucesso", disse, em comunicado, a Agência Espacial Européia (ESA).   O diretor da missão do cargueiro espacial para a ESA, Hervé Côme, especificou que podem ser feitas "certas melhoras e regulagens na sincronização" e por isso foram projetadas uma dúzia de simulações suplementares, algumas delas em cenários de avarias.   A experiência começou quase oito horas antes do momento do suposto acoplamento e era "particularmente complicada" porque exigia que se respeitassem todos os períodos programados para cada um dos três centros e de forma simultânea, segundo a ESA.   A agência européia comparou o exercício com "três grupos diferentes de músicos situados em diferentes regiões do mundo, em fusos horários diferentes e tocando juntos como uma só orquestra, cada um com sua partitura".   O objetivo é comprovar a plena compatibilidade dos computadores nos três centros de controle, assim como os sistemas de áudio e vídeo, mas também verificar o trabalho em equipe dos operadores de carne e osso de diferentes nacionalidades e culturastecnológicas distintas.   O exercício real terá lugar no começo do próximo ano,com o lançamento da Jules Verne e sua união com a ISS para poder cumprir com sua missão de abastecimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.