Evento de 'nado nu' no País de Gales quebra 'recorde'

Cerca de 400 pessoas entraram sem roupas no mar, em evento convocado pelo Facebook

BBC Brasil, BBC

21 Junho 2011 | 08h00

Voluntários entram no mar nus: evento arrecadou R$ 31 mil para instituições de caridade 

 

GOWER - Os organizadores de um evento de nado sem roupas em uma praia da península de Gower, no País de Gales, dizem ter estabelecido um novo recorde mundial depois que centenas de pessoas mergulharam despidas no mar.

 

Cerca de 400 pessoas participaram do mergulho em massa, que se chamava "Midsummer Skinny Dip" na Baía de Rhossili. Eles tentavam quebrar o recorde atual, que pertence a um grupo de 250 nadadores nus.

 

O evento também arrecadou 12 mil libras (R$ 31 mil) para a instituição de caridade Marie Curie, que cuida de pacientes com câncer em estado terminal, e para a National Trust - entidade que cuida de conservação ambiental e de construções históricas na Grã-Bretanha.

"Foi maravilhoso, as pessoas já estão falando sobre fazer isso de novo no ano que vem", disse Alison Powell, uma das organizadoras. Uma porta-voz da National Trust afirmou que o novo recorde mundial de nado nu foi estabelecido na praia de Rhossili às 8h30 (4h30 no horário de Brasília) do último domingo, 19.

 

Para quebrar o recorde, os nadadores tiveram que permanecer no mar por 10 minutos. "Havia algo absolutamente surreal em estar numa praia com 400 corpos nus. Não é algo que se vê com frequência", disse Powell, de 35 anos, que trabalha como editora em uma publicação online.

 

Convite virtual

 

Powell contou que teve a ideia quando um convite de amigos no Facebook para mergulharem nus em novembro fo recebido sem entusiasmo, mas o contrário aconteceu com um convite para o mesmo evento no verão. "Muitas pessoas se entusiasmaram no Facebook, então decidimos tentar o recorde e arrecadar fundos, já que havíamos começado".

Cerca de 400 pessoas participaram do 'recorde' de 'nado nu' em praia do País de Gales

 

Ela disse que teria ficado satisfeita em conseguir somente 251 voluntários - o suficiente para quebrar o recorde - mas que se surpreendeu ao receber 400 inscrições. "Sabíamos que 400 era o máximo com que poderíamos lidar com segurança. Ninguém desistiu, mas tivemos alguns voluntários de última hora - pessoas que foram só acompanhar e decidiram tirar a roupa e entrar (no mar) conosco".

 

Ela disse ter escolhido a praia de Rhossili por seu relativo isolamento em relação às outras, para evitar o constrangimento das pessoas que passassem pelo local do evento.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.