Evento discute os rumos da bioenergia no mundo

Brasília (DF) sediará, na próxima semana, feira e conferência internacional sobre[br]agroenergia

O Estado de S.Paulo

03 de outubro de 2007 | 01h06

A busca por fontes de energias renováveis, não poluentes, deixou de ser uma discussão entre ambientalistas e especialistas. Até 2010, devem ser investidos mais de US$ 20 bilhões para ampliar a produção brasileira de cana-de-açúcar, etanol e biodiesel. Governo (oito ministérios atuam na área de agroenergia) e iniciativa privada articulam estratégias para garantir a demanda crescente e o suprimento dos biocombustíveis nos mercados nacional e internacional. Segundo o Índice de Investimento Direto Estrangeiro (IDE), do Banco Central, só no ano passado o setor de agroenergia recebeu US$ 3,5 bilhões, o que demonstra a força do setor para a economia nacional.Em meio a este cenário positivo, Brasília sedia, na próxima semana, de 9 a 11, dois grandes eventos, paralelos e simultâneos, com foco nas energias renováveis: a Feira Internacional de Agroenergia (Enerbio) e a Conferência Internacional de Biocombustíveis (Agroenergia, Etanol, Biodiesel e Bioquerosene).A Enerbio é o conjunto de eventos que reúne representantes das principais cadeias produtivas dos biocombustíveis e das energias, produtores e executivos da cana, açúcar, etanol e bioenergia, produtores de soja, grãos, óleos vegetais, sebo animal (frigoríficos), investidores, pesquisadores, professores e dirigentes de cooperativas, entre outros. A feira contará com uma ampla área de exposição, que reunirá máquinas, equipamentos, insumos, serviços e tecnologia.CONFERÊNCIAParalelamente à Enerbio, este ano será realizada a Conferência Internacional de Biocombustíveis. A programação inclui ainda as conferências de Energia e do Transporte, o Seminário de Fomento aos Pequenos Produtores de Etanol e Biodiesel e o Encontro Brasil - África dos Biocombustíveis. Para a conferência de abertura, foi convidado o governador da Califórnia (EUA), Arnold Schwarzenegger, que vem se destacando como defensor de políticas públicas que preservem o ambiente.A conferência apresentará os novos cenários que incluem as energias renováveis, a hídrica, a nuclear e seus impactos ambientais.INFORMAÇÕES: Site: www.enerbio.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.