Ex-aluno que atirou na USP se apresenta e vai preso

Alexandre José Coutinho da Rocha Lima, de 23 anos, o ex-aluno da USP que atirou no alojamento do campus de São Carlos (SP) no mês passado, se apresentou no 3º Distrito Policial da cidade na tarde desta quarta-feira, 11. Ele foi ouvido por quase cinco horas pelo delegado Aldo Donisete Del Santo e em seguida, como há um mandado temporário de prisão já expedido pela Justiça, foi levado para uma cela do Centro de Triagem.

RENE MOREIRA, Agência Estado

11 de setembro de 2013 | 19h17

Acompanhado de advogados, ele contou que estava escondido em São Paulo e que resolveu se entregar após saber que policiais estariam atrás dele na capital paulista, onde reside sua família. O rapaz entregou o revólver calibre 38, com duas munições intactas e três deflagradas.

Ele alegou que estaria sofrendo bullying e isso acabou desencadeando a situação que o levou a atirar contra estudantes. Ele já havia usado esse mesmo argumento em entrevista à Agência Estado, logo após o crime, para justificar sua atitude. Na ocasião, disse que vinha sendo perseguido pelos ex-colegas de universidade mesmo após abandonar as aulas.

Os problemas com José Coutinho Rocha teriam começado em março deste ano. Calouro, ele denunciou ter sido vítima de trote violento por parte de veteranos da universidade. Após a confusão, ele deixou a USP, mas sempre era visto no campus. Duas semanas atrás, invadiu o alojamento estudantil, agrediu um veterano com uma coronhada e disparou três vezes, mas acertou apenas parede, janela e porta.

Mais conteúdo sobre:
USPtiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.