Ex-bancária aplicava golpes com cartões de crédito

Jovem, loira e bonita, a promotora de vendas Tatiane Miranda Oliveira, de 23 anos, frequentava festas e baladas e postava em redes sociais da internet fotos de viagens ao exterior. Ela foi presa segunda-feira, em Salto (SP), acusada de estelionato. De acordo com a Polícia Civil, a jovem usava cartões de bancos para fazer compras pela internet. Com a garota, que tem casa própria e carro, foram apreendidos 50 cartões de crédito e débito, em seu nome e de outras cinco pessoas.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

27 Março 2012 | 19h21

A polícia apreendeu ainda 13 celulares, dois notebooks e um caderno com cadastro de nomes. Ela foi autuada em flagrante e levada para a Cadeia Feminina de Votorantim. Tatiane havia trabalhado no setor de empréstimos de um banco e, segundo a polícia, o conhecimento do sistema bancário pode ter facilitado a aplicação dos primeiros golpes. A facilidade em obter vantagem ilícita a incentivou a continuar com a prática. A garota fazia a solicitação de cartões de crédito para si e em nome de terceiros e os usava para comprar bens e serviços pela internet.

Tatiane adquiria desde bens de consumo, como computadores, celulares, roupas e sapatos, até viagens para o exterior. Fotos e vídeos mostram a garota em uma viagem à Espanha, mas ela alegou ter viajado para fazer intercâmbio cultural. Muitos produtos eram revendidos, provavelmente com a ajuda de outras pessoas. A polícia tenta, agora, identificar as vítimas da garota. Também procura duas jovens que teriam participado do esquema fornecendo cartões e vendendo parte das mercadorias recebidas por Tatiane. Os papeis e documentos apreendidos na casa da jovem serão submetidos à perícia.

Mais conteúdo sobre:
loiracriminosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.