Ex-campeão McNish escapa ileso de batida forte em Le Mans

O ex-campeão Allan McNish escapou de um acidente sério após bater seu Audi logo depois da largada das 24 horas de Le Mans, neste sábado.

JULIEN PRETOT, REUTERS

11 Junho 2011 | 17h09

O site oficial da prova (www.lemans.org) relatou que o escocês, que saiu dos destroços sem ajuda, não sofreu ferimentos, mas foi levado ao centro médico do circuito para exames de precaução.

O "safety car" foi acionado após o acidente, que envolveu o Audi R18 número três e a Ferrari 458 pilotada por Anthony Beltoise quando o alemão Timo Bernhard liderava a corrida no Audi número um.

O Audi número dois pilotado pelo francês Benoît Treluyer estava na segunda colocação.

McNish estava ultrapassando seu companheiro de equipe Bernhard depois da Ponte Dunlop e em seguida cortou a Ferrari, que vinha mais lenta.

O Audi, que McNish dividia com o dinamarquês Tom Kristensen e o italiano Rinaldo Capello, foi atirado de lado na brita e quase rompeu as barreiras.

A Ferrari praticamente não sofreu danos e continuou.

"A Ferrari fechou a porta, Allan não teve nenhuma chance. Ele saiu com muita velocidade, mas por sorte conseguiu sair do carro sem ferimentos", disse Wolfgang Ullrich, chefe do time automobilístico da Audi.

"Ver que os carros são fortes assim é bom, mas não é assim que queremos demonstrá-lo."

A Audi, que batalha com a rival francesa Peugeot, venceu seis das sete últimas edições da prova e arrebatou a primeira fila no treino classificatório com Treluyer na pole e o Audi número um ao lado.

Mais conteúdo sobre:
LE MANS ACIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.