Ex-general sérvio-bósnio Mladic é hospitalizado, diz advogado

O ex-comandante militar sérvio-bósnio Ratko Mladic, que aguarda julgamento no tribunal especial de Haia, foi internado com pneumonia disse seu advogado nesta terça-feira.

REUTERS

11 Outubro 2011 | 08h39

O tribunal especial da ONU para a ex-Iugoslávia confirmou a internação de Mladic, mas não revelou os motivos.

O ex-general, que tem 69 anos e costuma se queixar da saúde, passou 16 anos foragido, até ser capturado e extraditado em maio para responder pelas acusações de ter comandado a morte de 8.000 homens e meninos em Srebrenica, e o cerco de 43 meses a Sarajevo.

Preocupada com a saúde dele, a promotoria já propôs que o processo fosse dividido em dois, para ser acelerado. Os promotores não querem que aconteça o mesmo que ocorreu com o ex-dirigente sérvio Slobodan Milosevic, que passou quatro anos sendo julgado, mas morreu em 2006, antes de um veredicto.

Milos Saljic, advogado de Miladic em Belgrado, disse à Reuters que o tribunal lhe informou na segunda-feira que o réu foi internado, "aparentemente por causa de pneumonia". Ele não deu mais detalhes.

(Reportagem de Matt Robinson e Ivana Sekularac)

Mais conteúdo sobre:
BOSNIAMLADICINTERNADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.