Expectativa de vida cai pela 1ª vez em 6 anos no Japão

A expectativa de vida no Japão caiu pela primeira vez em seis anos em 2005, mas as mulheres japonesas ainda podem esperar viver mais que as mulheres de outras partes do mundo, informou nesta terça-feira o Ministério da Saúde do Japão. A expectativa de vida feminina caiu de 85,59 anos, em 2004, para 85,49 anos, no ano passado. Ainda assim, as mulheres japonesas mantiveram, pelo 21º ano consecutivo, a liderança mundial no ranking de expectativa de vida, à frente de Hong Kong e da Espanha, dizia o relatório divulgado nesta terça.Para os homens, a expectativa de vida diminuiu de 78,64 anos para 78,53 anos entre 2004 e 2005, fazendo-os cair da segunda para a quarta posição no ranking mundial de longevidade masculina, atrás de Hong Kong, Islândia e Suíça.O documento divulgado pelo Ministério da Saúde do Japão menciona também dados demográficos apresentados em recentes estudos elaborados pela Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com Morio Akimoto, a primeira queda no índice geral de expectativa de vida desde 1999, no Japão, ocorreu por causa de um número alto de mortes por gripe entre pessoas de idade avançada, no ano passado. Especialistas têm alertado que a longevidade da população japonesa poderá ser gravemente afetada num futuro próximo por causa da mudança nos padrões de alimentação, já que a tradicional dieta baseada em arroz e frutos do mar tem sido substituída cada vez mais por hambúrgueres e macarrões instantâneos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.