Explosão de gás mata 25 em Taiwan e fere 267; número de vítimas pode subir

Uma série de explosões causada por um vazamento de gás matou 25 pessoas e feriu 267 na segunda maior cidade de Taiwan nesta sexta-feira, enviando chamas para o ar a uma altura equivalente a 15 andares. Edificações inteiras ficaram em chamas e pequenas lojas foram reduzidas a escombros.

REUTERS

01 Agosto 2014 | 08h41

Autoridades dos serviços de resgate disseram que a polícia e o Exército foram convocados para ajudar os bombeiros após a explosão e incêndio por volta da meia-noite na cidade portuária de Kaohsiung, em um distrito repleto de lojas e prédios de apartamentos.

Quatro bombeiros estão entre os mortos. A imprensa sugeriu que o número de mortos provavelmente vai aumentar acentuadamente.

O presidente Ma Ying-jeou prometeu medidas duras para evitar a repetição de fatos como esse.

"Vamos adotar novas medidas e inspeções para evitar que esse tipo de desastre ocorra novamente", disse Ma em comentários exibido na televisão depois de falar por meio de videoconferência com o prefeito de Kaohsiung.

Moradores disseram que a explosão sacudiu edifícios como se fosse um terremoto, causando o desmoronamento de pequenas lojas e revirando carros.

Mais conteúdo sobre:
TAIWANEXPLOSOESMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.