ExpoLondrina começa amanhã

Feira prossegue até o dia 13 e programação inclui, além de palestras, cursos e seminários, 31 leilões e 28 julgamentos

O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2008 | 03h57

Começa amanhã, no Parque de Exposições Ney Braga, em Londrina (PR), a 48ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina (ExpoLondrina). A feira é promovida pela Sociedade Rural do Paraná (SRP) e segue até o dia 13. A expectativa dos organizadores é a de que a feira receba 430 mil pessoas e movimente R$ 174 milhões. Para este ano, está confirmada a participação de cerca de 13 mil animais, entre ovinos, eqüinos, caprinos e suínos, além de 3 mil bovinos, de 24 raças.LEILÕESA ExpoLondrina 2008 terá 31 leilões e 28 julgamentos. A agenda de leilões começa amanhã, com a realização de dois remates. Na sexta-feira começam os julgamentos, com três raças bovinas e uma eqüina.No ano passado, foram realizados 24 remates, que movimentaram R$ 19 milhões. Nesta edição, haverá oferta de gado nelore, guzerá, brahman, angus, tabapuã, limousin, bonsmara, canchim, charolês, pardo-suíço, caracu, brangus e gir; de ovinos e caprinos; de cavalos das raças appaloosa, paint horse, quarto-de-milha e manga-larga marchador; além de lotes de suínos.SEMINÁRIOEste ano, o tema da ExpoLondrina é ''Em busca da produção sustentável''. Para discuti-lo, será realizado, amanhã e sexta-feira, o Seminário Internacional, cuja programação inclui cursos e palestras. Amanhã, no painel ''Mudanças Climáticas e a Produção Sustentável'', haverá a apresentação ''A estratégia agroambiental de Quebec em apoio ao desenvolvimento sustentável da agricultura: uma questão de liderança e parceria'', do chefe da Coordenadoria de Estratégias Agro-Ambientais do Ministério de Agricultura e Pesca de Quebec, Yvan Lajoie. Depois, o pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Paulo Nobre, falará sobre aquecimento global e sustentabilidade.Na sexta-feira, haverá dois painéis: o primeiro, às 9 horas, terá como tema ''A Produção Agropecuária e a Geração de Energias Renováveis'' e o segundo, às 14 horas, discutirá perspectivas para o mercado internacional de carnes e terá a participação do secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Inácio Kroetz.INFORMAÇÕES: www.srp.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.