Expulsas famílias de área invadida há 20 anos em SP

A Secretaria das Subprefeituras começou a cumprir hoje a reintegração de posse do Parque do Povo, no Itaim Bibi, zona oeste da capital paulista, após o Tribunal de Justiça paulista determinar que a área pertence à Prefeitura de São Paulo. Segundo a pasta, das 82 famílias que residem no terreno, 65 já saíram e 14 casas erguidas ali foram demolidas. O Parque do Povo foi invadido há mais de 20 anos.Em nota, a secretaria afirmou que os moradores afetados estão recebendo apoio da Prefeitura. Eles são cadastrados para a inclusão em programas de habitação na cidade. Também foram mobilizados 31 caminhões e dez Kombis para a realização de mudanças. O processo de recuperação de áreas em São Paulo foi iniciado no ano passado. O Parque do Povo, invadido há mais de 20 anos, foi a sétima a ser retomada. Quatro permanecem amparadas por liminares judiciais. De acordo com a subprefeitura, o parque vinha sendo explorado comercialmente por clubes, bares, forrós, circo e estacionamento. Com a desocupação, a prefeitura pretende transformar o terreno em um espaço público de lazer.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

15 de outubro de 2007 | 20h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.