Expulso consegue reverter decisão

O estudante Marcus Padraic Dunne, um dos seis alunos que haviam sido expulsos da USP em dezembro, reverteu a decisão na Justiça. O juiz Valentino Aparecido de Andrade, da 10ª Vara de Fazenda Pública, considerou a pena "excessiva" e pediu esclarecimentos sobre a expulsão. Dunne foi um dos responsabilizados pela ocupação de salas em ato por mais vagas para moradia estudantil. A USP diz que foram apuradas ações graves e esclarecerá os pontos que embasaram a decisão. / PAULO SALDAÑA

O Estado de S.Paulo

06 Março 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.