Fábrica clandestina de fogos explode e mata 1 na PB

Um homem morreu no começo da manhã de hoje após a explosão de uma fábrica clandestina de fogos de artifício em Cajazeiras (PB). O estabelecimento funcionava na casa da vítima. Seis casas próximas à residência sofreram danos com a explosão e foram interditadas.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

13 de outubro de 2010 | 13h37

O Corpo de Bombeiros informou que alguns vizinhos tiveram ferimentos leves, mas não soube precisar o número de pessoas socorridas pela corporação e pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.