Fabricante da Coca-Cola é multada por objeto em garrafa

Um fabricante da Coca-Cola foi multado após um consumidor achar um objeto estranho dentro de uma garrafa. A Uberlândia Refresco, no Triângulo Mineiro, foi autuada em R$ 665.623,33 após ser denunciada pelo Ministério Público de Minas Gerais.

RENE MOREIRA, ESPECIAL PARA AE, Estadão Conteúdo

30 Setembro 2014 | 16h00

De acordo com o MP-MG, a multa é administrativa e se deve à fabricação do refrigerante "com vício de qualidade". O laudo que embasou a decisão foi realizado pela Fundação Ezequiel Dias, sendo que o consumidor fez a denúncia diretamente à Promotoria de Justiça de Defesa do Cidadão de Uberlândia.

Ele narrou ter comprado uma Coca-Cola de 1 litro em um supermercado do município, mas antes de abrir percebeu a presença de um corpo estranho no seu interior, parecendo um palito enrolado em um plástico. A garrafa foi encaminhada ao laboratório que apresentou laudo constatando a impropriedade do produto.

Mais conteúdo sobre:
Coca-ColamultaMPMinas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.