Fabricante de Toddynho é autuado após falha

Empresa pode recorrer, mas multa por comercializar produtos que podem causar danos à saúde pode chegar a R$ 175 mil

O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2011 | 03h01

A empresa PepsiCo, que produz o achocolatado Toddynho, foi autuada pela Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, após vistoria feita na fábrica da empresa, em Guarulhos (SP). A multa ainda não foi aplicada, pois cabe recurso contra a decisão, mas seu valor pode chegar a R$ 175 mil.

A empresa foi autuada por fabricar, embalar, armazenar, expedir, transportar e colocar à venda produtos sem qualidade e segurança, colocando em risco a saúde dos consumidores.

A medida foi tomada depois que ao menos 39 pessoas de 15 municípios do Rio Grande do Sul relataram reações como sensação de queimadura, feridas na boca, náusea e cólicas ao ingerir o produto de 200 ml, do lote com numeração L4 32.

Ontem, o Programa Estadual de Defesa dos Consumidores do Rio Grande do Sul (Procon-RS) abriu processo para apurar o caso. Se punida, a empresa pode ser condenada a pagar multa que varia de R$ 2 mil a R$ 3 milhões.

A PepsiCo confirmou que houve uma falha no procedimento de fabricação que acabou envasando detergente no local do achocolatado. Em nota, a empresa explica que a falha ocorreu especificamente no lote produzido no dia 23 de agosto, no intervalo das 5h30 às 6h30, com validade até 19 de fevereiro de 2012.

O produto de limpeza, à base de água e detergente, estava com pH 13,3 - alcalino, similar ao da soda cáustica. Ao detectar o problema, a PepsiCo recolheu, dentro das fábrica, as embalagens que impróprias para o consumo - porém, cerca de 80 delas chegaram ao mercado, restrito ao RS.

Segundo o Centro Estadual da Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul, 23 amostras do produto foram analisadas e foi confirmado um pH impróprio para o consumo humano.

Além de recolher o lote interditado, a PepsiCo colocou um médico à disposição dos consumidores que tiveram contato com o produto e procuraram a empresa por meio de seu Serviço de Atendimento ao Consumidor. Em nota, a empresa diz que a maioria das unidades que estavam no mercado já foi recolhida. Problemas devem ser relatados pelo 0800-703-2222.

Outro caso. Não é a primeira vez que a PepsiCo tem problemas de qualidade na fabricação do Toddynho. Em 2007, a empresa fez o recall da linha Toddynho com T-Nutre, envolvendo os produtos Toddynho Chocolate, Toddynho Fit e os sabores Brigadeiro e Napolitano. Parte dos lotes estava com o sabor alterado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.