Facebook planeja oferecer serviços de pagamentos móveis, diz jornal

O Facebook está se preparando para entrar na corrida de pagamentos por dispositivos móveis, oferecendo serviços de remessas e de dinheiro eletrônico na rede social, publicou o Financial Times, citando diversas pessoas envolvidas com o assunto.

Reuters

14 Abril 2014 | 11h35

A companhia está perto de obter aprovação do banco central da Irlanda para começar um serviço que permitirá que os usuários guardem dinheiro no Facebook e usem a plataforma para fazer trocas e pagamentos com outros, disseram as fontes ao jornal.

O BC da Irlanda não quis comentar o assunto e representantes do Facebook não estavam imediatamente disponíveis para falar.

A companhia também teve conversas sobre parceria com ao menos três empresas iniciantes britânicas -- TransferWise, Moni Technologies e Azimo -- que oferecem serviços online e móveis de transferência internacional de dinheiro, segundo disseram três fontes ao jornal.

Grupos de telecomunicações, varejistas e bancos estão todos tentando assegurar uma fatia dos pagamentos móveis mundiais, que têm estimativa de crescer rapidamente nos próximos anos.

A projeção de crescimento para as transações móveis no mundo é 35 por cento ao ano entre 2012 e 2017 em média, segundo um relatório da empresa de pesquisas Gartner. O estudo, de junho de 2013, projetou um mercado de 721 bilhões de dólares com mais de 450 milhões de usuários até 2017.

Mais conteúdo sobre:
TECH FACEBOOK MOVEIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.