Fado Tropical: 4 km de Portugal

"Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal: ainda vai tornar-se um imenso Portugal!". A profecia de Chico Buarque e Ruy Guerra, em Fado Tropical, parece ter se cumprido. Se não como Portugal imenso, ao menos contido em 4 quilômetros de estrada no interior paulista.

O Estado de S.Paulo

21 Junho 2012 | 03h11

É que, além da Quinta do Marquês, no km 57 da Castello Branco, no km 53, do outro lado da estrada, está o Rancho 53 a servir delícias típicas da terrinha, como a alheira, o caldo verde e as sardinhas. Há treze anos literalmente na estrada, o Rancho 53 atrai os viajantes e os paulistanos que querem desafogar o estresse. Prima pelo bacalhau, feito às mais diversas modas: desde à Braz, desfiado e puxado no azeite com vinho branco e cebola, até à Zé do Pipo, em postas com cebola, pimentão e purê de batatas.

Às quintas-feiras, das 21h à meia-noite, os ais em lamento chorado dos fados ecoam no salão decorado com motivos portugueses. Outra atração para quem parar o carro por lá, além do restaurante, é a oferta de cinco tipos do queijo Serra da Estrela, feito com leite de ovelha, entre outras iguarias da península Ibérica. Também na venda é possível achar a panela cataplana estanhada, que é uma espécie de precursora da panela de pressão e não se encontra facilmente por aí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.