Falha em sinalização de porta paralisou linha do metrô

Um problema com a sinalização de porta de uma das composições da Linha 3 - Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) foi o que provocou hoje, por volta das 8 horas, a paralisação da circulação do sentido Palmeiras/Barra Funda da linha.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 09h39

Por conta da paralisação, no trecho entre as estações Pedro II e Sé, um dos usuários acionou o botão de emergência de um dos trens, provocando a abertura das portas. Com isso, os passageiros começaram a seguir a pé pela passarela de emergência da via até a estação.

Para garantir a segurança dos usuários, o Metrô desligou a energia dos trilhos no trecho entre a estação Sé e a estação Belém, o que provocou a paralisação da circulação dos trens também no outro sentido. Em um efeito cascata, o problema na Linha 3 acabou prejudicando também a circulação dos trens da Linha 1 - Azul, com as composições circulando em velocidade reduzida.

O Plano de Apoio Entre Empresas Frente a Situações de Emergência (Paese) foi acionado em conjunto com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A transferência entre os transportes coletivos está sendo gratuita nas estações Itaquera e Tatuapé. Além disso, o Paese também foi acionado para ônibus da SPTrans ao longo da linha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.