Falha em sistema da PF prejudica 950 atendimentos

A falha no sistema da Polícia Federal, que desde as 8 horas da manhã desta segunda-feira interrompeu a emissão e a entrega de passaportes no Estado de São Paulo, deve impossibilitar cerca de 950 atendimentos até o final do dia, informou a Superintendência Regional da PF. A grande maioria dos afetados tinha agendamento na sede da Superintendência, no bairro paulistano da Lapa.

AE, Agência Estado

11 de março de 2013 | 17h37

De acordo com o órgão, houve uma falha no link fornecido pela operadora de telefonia contratada pela PF, que estima que o problema estará solucionado até o final do dia. Neste ano, no Estado de São Paulo, ocorreram oito interrupções no serviço, de diferentes durações.

Segundo a Superintendência Regional, as pessoas agendadas para esta segunda-feira devem retornar à sede da PF nos próximos 10 dias com comprovante de agendamento. Nesses casos, não há necessidade de novo agendamento, pois o atendimento ocorrerá em sistema de encaixe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.