Falta de cigarro incomoda fumante após meia hora, diz pesquisa

A ansiedade provocada em fumantes pela falta de nicotina no organismo tem início em 30 minutos. Depois de uma hora, o fumante afastado do cigarro sente raiva. Após três horas, aumentam a ansiedade, tristeza e dificuldade de concentração. Essas informações foram levantadas em estudo publicado no periódico Psychopharmacology. Fumantes que já tentaram parar conhecem os sintomas da abstinência de nicotina: ansiedade por cigarros, distúrbios do humor, aumento do apetite e dificuldades para dormir. No entanto, ainda não havia sido calculado o tempo entre o abandono do cigarro e o início dos sintomas. A pesquisa foi realizada por cientistas do Lee Moffitt Cancer Center & Research Institute e da Universidade do Sul da Flórida.A equipe reuniu 50 fumantes de um maço ao dia num laboratório por quatro horas. Metade dos fumantes foram sorteados para poder continuar fumando normalmente, e a outra metade, para ficar quatro horas sem fumar. A cada meia hora, esses participantes recebiam uma série de testes. Diferenças entre os dois grupos foram consideradas sintomas da abstinência de nicotina.Os testes mostraram ainda que, já na primeira meia hora, os fumantes que se abstinham do cigarro sofriam com piora do desempenho numa tarefa que exigia atenção continuada, e que a taxa cardíaca caía na primeira hora.Esses sintomas condenam ao fracasso muitas tentativas de abandonar o cigarro, e representam a tentativa do corpo de se ajustar a uma situação sem nicotina. Geralmente atingem um ponto máximo nos primeiros três dias, e duram por duas semanas ou mais.

Agencia Estado,

21 de agosto de 2006 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.