Falta de luz na UFMG não prejudica Enem em BH

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) transcorreu sem grandes problemas em Belo Horizonte neste sábado. Candidatos reclamaram do trânsito muito congestionado, principalmente na área central da capital, mas foram registrados poucos atrasos nas 81 instituições da cidade onde eram aplicadas as provas. O maior transtorno ocorreu no campus da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde alguns prédios ficaram sem energia no início do exame.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

03 de novembro de 2012 | 20h25

Mesmo assim, segundo o Ministério da Educação (MEC), a luz natural foi considerada adequada para a realização das provas e início e fim do exame ocorreram no horário previsto. Técnicos da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) foram chamados ao local, restabeleceram a energia em cerca de 20 minutos e apuraram a causa do problema, que, segundo a empresa, ocorreu apenas no local.

Durante o exame, segundo o MEC, não foram registradas ocorrências graves na capital mineira. Em Minas Gerais, 650 mil pessoas se inscreveram para participar da edição 2012 do Enem.

Tudo o que sabemos sobre:
EnemMGenergia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.