Falta de produto ainda deve afetar resultado da Natura no 4o tri

A Natura espera registrar, ainda no quarto trimestre, impactos dos problemas de abastecimento decorrentes da reformulação dos sistemas da empresa de cosméticos. De julho a setembro, a falta de produtos para entrega teve impacto de 4 pontos percentuais na receita da companhia.

REUTERS

28 de outubro de 2011 | 11h06

"Já temos o controle da situação sobre a instabilidade dos sistemas, mas ainda devemos ter impacto no quarto trimestre", disse o diretor-presidente da Natura, Alessandro Carlucci, em teleconferência nesta sexta-feira, sem especificar de quanto deve ser o impacto sobre a receita.

A empresa está reformulando os sistemas de captação e faturamento de pedidos, processo que, segundo Carlucci, deve ser concluído até o final deste ano.

"Essa instabilidade estará solucionada até o final do ano. Temos domínio da situação e o diagnóstico está feito... O impacto maior foi no terceiro trimestre", disse ele. "Vamos entrar em 2012 já com a plataforma toda instalada, levando a redução de custos e aumento da produtividade".

A Natura fechou o terceiro trimestre com receita líquida de 1,381 bilhão de reais, avanço de 7,8 por cento contra igual período de 2010.

Nesta sexta-feira, Carlucci mencionou ainda que os resultados do período foram impactados, além do processo de modernização dos sistemas, por uma desaceleração generalizada do mercado e pelo aumento da competição "cada vez mais acirrada" no segmento.

(Por Vivian Pereira)

Mais conteúdo sobre:
CONSUMONATURAPRODUTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.