Família é expulsa de casa por aranha na Grã-Bretanha

Soldado teria trazido a aranha do Afeganistão em sua bagagem por engano.

Da BBC Brasil, BBC

28 de agosto de 2008 | 13h27

Uma família na Grã-Bretanha foi expulsa de sua própria casa por uma aranha, segundo a organização britânica de proteção aos animais RSPCA (Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade aos Animais, na sigla em inglês). Lorraine Griffiths e os três filhos abandonaram a casa e se recusam a voltar até que a aranha, que foi descrita como grande e de cor de areia, seja capturada.Moradora da cidade de Colchester, no sudeste do país, Lorraine acredita que a aranha tenha entrado no país em junho vinda do Afeganistão dentro da bagagem de seu marido, o soldado Rodney, que atualmente está de volta ao país asiático.A família acredita que a criatura seja uma aranha camelo. Segundo Lorraine, o aracnídeo foi visto em seu quarto por seus dois filhos mais velhos e por um eletricista que trabalhava na casa."Eles identificaram a aranha pela internet", disse ela.Uma porta-voz da RSPCA disse que uma equipe da organização foi até a casa, mas não conseguiu encontrar a aranha."Se for a aranha que eles acreditam, então ela normalmente não atacam humanos, mas sua picada pode ser dolorosa", disse a porta-voz da RSPCA.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
aranhasoldadoafeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.