Família morre em acidente com bimotor no Paraná

O acidente provocou a morte dos cinco ocupantes da aeronave, sendo três da mesma família

JULIO CESAR LIMA, Agencia Estado

02 Novembro 2008 | 19h52

Uma forte chuva que caía em Paranavaí, no Paraná, próximo às 11h deste domingo, 2, pode ter sido a causa da queda de um avião bimotor modelo P-35 Beechcraft sobre a escola municipal Ilda Campano Santini, no Jardim Maringá, na cidade de Paranavaí. O acidente provocou a morte dos cinco ocupantes da aeronave, sendo três da mesma família. O avião vinha de Sonora, no Mato Grosso do Sul, e seguia para Arapongas, no norte do Paraná. Os corpos da vítimas foram resgatados pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros e em seguida foram encaminhados para o IML de Paranavaí. Os corpos foram reconhecidos ainda no domingo e alguns familiares das vítimas iriam se deslocar de Arapongas. Morreram no local o piloto Flávio Marcelo dos Santos, o técnico rural Paulo César Fernandez, o empresário Adriano Romera, sua mulher Siolmar Grotti Romera e o sobrinho João Romera. Segundo o policial militar Rubens Faccin, chovia muito na hora do acidente e poderia ter havido uma tentativa de pouso no aeroporto local. "Estava uma chuva muito forte e, pelo trajeto que faziam, tudo indica que eles tenham tentado ir para o aeroporto como precaução".

Mais conteúdo sobre:
avião acidente Paraná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.