Familiares dão apoio aos candidatos da Fuvest

Os pais do candidato Caio dos Santos, de 17 anos, fizeram questão de acompanhar o filho até a Universidade Santa Cecília (Unisanta), em Santos, para dar apoio ao estudante, que gosta de Matemática e está concorrendo a uma vaga na faculdade de Ciência da Computação na USP. O pai Lourival Mendes de Araújo e a mãe Márcia dos Santos, estavam esperançosos com o desempenho do filho, que sempre estudou em escola pública em Itanhaém, onde mora. "Ele foi muito bem nas provas do Enem e, acreditamos, que não terá dificuldades nas provas da Fuvest", afirmaram.

ZULEIDE DE BARROS, Estadão Conteúdo

30 Novembro 2014 | 15h24

Outra candidata confiante era Grasiani Garcia Vargas, de 18 anos, que pretende cursar Engenharia de Materiais, na USP. Moradora de Praia Grande, ela também contava com o apoio da família. O pai, o aposentado Genair Vargas, lembrava que a filha se preparou para entrar em uma universidade pública. E ela dizia que a concorrência não a assustava, com 7,19 candidatos por vaga na carreira escolhida. Grasiani foi bem nas provas do Enem e quer seguir os passos da irmã, que sempre foi muito estudiosa e hoje cursa Administração de Empresas, em Londres, na Inglaterra, com bolsa integral.

Enquanto os estudantes faziam de tudo para ir bem nas provas, alguns consultando apostilas na última hora, o vendedor ambulante Humberto de Oliveira tentava faturar alguns trocados, vendendo canetas esferográficas em frente à universidade, junto com uma série de mercadorias, como CDs, eletroeletrônicos, entre outros produtos. "Eu geralmente não trabalho aos domingos, mas quando tem concurso público e, principalmente vestibulares, da própria Unisanta e agora da Fuvest, com 1.500 candidatos só aqui, dou um jeitinho de abrir meu carrinho, que tem ponto fixo por aqui", dizia.

Muitos candidatos chegaram em cima da hora para as provas, até por volta das 12h55, mas ninguém perdeu as provas, porque os fiscais da Fuvest fizeram uma varredura na área, verificando se havia alguém atrasado correndo pela Rua Oswaldo Cruz, no Boqueirão, que ficou congestionada na manhã deste domingo, para desembarcar os estudantes que fariam provas no local.

Mais conteúdo sobre:
vestibularFuvestSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.