Fanfarras reduzem volume em Lorena

Cidade abrigou campeonato de bandas a um quarteirão de local de prova, mas não houve queixas

LORENA, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2011 | 03h02

Um evento musical, realizado a um quarteirão do Colégio São Joaquim, em Lorena, no Vale do Paraíba, que abrigou a prova da Fuvest, não gerou reclamações de candidatos. Uma das preocupações da Fuvest era que os mais de mil alunos tivessem sua concentração prejudicada, já que a cidade abrigou no mesmo horário da prova um campeonato nacional de fanfarras.

De acordo com Fuvest, a definição dos locais de prova é feita com quatro meses de antecedência e o evento de música não constava nos relatórios de pesquisa feitos pela organização do vestibular.

Segundo Douglas Macedo, organizador local do campeonato de fanfarras, o único problema seria o som da locução entre as apresentações. O local e o horário do evento foram definidos há 20 dias. O presidente da Confederação Nacional de Bandas e Fanfarras, maestro Ronaldo Faleiros, disse desconhecer que a cidade abrigaria a prova da Fuvest. "As cidades são selecionadas de acordo com o interesse em receber o evento, não fomos informados sobre a prova", comentou o músico.

No período da manhã, a concentração das equipes participantes do campeonato foi feita no quarteirão ao lado da escola; no período da tarde, as concentrações ocorreram do lado oposto do prédio. No horário da abertura dos portões, às 12h30, o volume do som foi reduzido para que não atrapalhasse a concentração dos estudantes. / G.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.