Favoritos têm de driblar problemas

São Paulo e Flamengo esbarram em série de obstáculos na reta final

, O Estadao de S.Paulo

21 de novembro de 2009 | 00h00

Basta um tropeço para a esperança virar desilusão. A derrocada do Palmeiras, líder do Brasileiro por 19 rodadas e que agora tem pouquíssimas chances de conquista, ensinou lição valiosa a São Paulo e Flamengo. Os principais candidatos ao título correm riscos. Precisam redobrar a atenção e ter soluções eficientes para a taça não escapar.

Na equipe paulista, André Dias e Hugo tomaram o terceiro cartão amarelo numa discussão boba e não enfrentam o Botafogo, amanhã, no Rio. Borges, Dagoberto e Jean exageraram na dose da violência e acabaram suspensos pelo STJD por três partidas. Rodrigo, melhor reserva para a defesa, fraturou a mão. Ricardo Gomes precisa quebrar a cabeça para escalar o time e a direção se esforçar na pressão dos bastidores para reverter as punições. Outros cinco jogadores ainda estão pendurados com dois cartões.

Os flamenguistas têm menos problemas, mas estão atentos. O seguro volante Maldonado machucou o joelho e não joga mais neste Brasileiro. E, se o time não perdeu ninguém no tribunal nesta semana, corre risco de sofrer com os desfalques de Léo Moura, Álvaro, David e Zé Roberto caso eles tomem cartão amarelo diante do Goiás, amanhã, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.