Felipão será novo técnico da seleção, diz fonte

O novo técnico da seleção brasileira será o pentacampeão mundial Luiz Felipe Scolari e o novo coordenador técnico do time será o também campeão do mundo Carlos Alberto Parreira, disse à Reuters nesta quarta-feira uma fonte próxima ao presidente da CBF, José Maria Marin.

ANA FLOR, Reuters

28 de novembro de 2012 | 12h37

O dirigente disse nesta quarta que o nome do novo técnico que susbtituirá Mano Menezes à frente da seleção será anunciado oficialmente na quinta-feira. Segundo a CBF, o anúncio será feito em entrevista coletiva no Rio de Janeiro.

Segundo a fonte ouvida por telefone pela Reuters, que pediu anonimato, a informação sobre o novo técnico foi passada por Marin aos integrantes da comitiva do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL) em São Paulo.

Felipão levou o Brasil ao pentacampeonato mundial em 2002 na Coreia do Sul e Japão, enquanto Parreira foi o treinador do tetracampeonato, conquistado em 1994 na Copa dos Estados Unidos.

Marin disse nesta quarta, durante evento do COL em São Paulo, que o anúncio do novo técnico da seleção brasileira foi antecipado de janeiro para quinta, a tempo para o sorteio da tabela da Copa das Confederações de 2013, que acontece no sábado.

O anúncio foi feito logo após o pedido de demissão do diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez. A saída do dirigente já era esperada desde a demissão de Mano, na sexta-feira, uma vez que o Andrés admitiu ter sido contra a decisão de dispensar o treinador.

Na segunda-feira, em tom de despedida, o dirigente já havia dito que a "tendência" era que Felipão fosse o novo treinador do Brasil.

Mano Menezes foi demitido na sexta após comandar a seleção em 40 jogos, com 27 vitórias, 6 empates e 7 derrotas. Ele assumiu a equipe em 2010 após a eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, contra a Holanda.

(Com reportagem adicional de Tatiana Ramil em São Paulo)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTTECNICOFELIPAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.