Ferido em acidente de Camaro tem estado grave

Edson Aparecido Domingues, o homem de 55 anos que ficou com 90% do corpo queimado após seu carro pegar fogo em uma colisão com o Camaro Coupé dirigido pelo estudante Felipe de Lorena Infante Arenzon, de 19 anos, segue internado em estado grave na UTI do Hospital das Clínicas.

MARCELA BOURROUL GONSALVES, Agência Estado

04 de outubro de 2011 | 16h29

O estudante se envolveu em pelo menos três acidentes na última sexta-feira. Na Avenida Inajar de Sousa, na zona norte de São Paulo, seu carro bateu contra a traseira de um Palio e em um utilitário Towner, onde estava Edson Domingues.

Ontem, Felipe deixou o 72º Distrito Policial após pagar a fiança de R$ 245 mil fixada pelo Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo). Segundo o advogado dele, João César Cáceres, a família do estudante teve de vender um imóvel para pagar a fiança. O valor foi determinado com base no preço do Camaro.

Mais conteúdo sobre:
acidenteCamaroestado de saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.