Feridos seriam 35 em choque de trens do metrô em SP

O Corpo de Bombeiros informou que 35 pessoas com ferimentos leves já foram atendidas na manhã desta quarta-feira, vítimas da colisão entre dois trens da linha 3-Vermelha do metrô ocorrida por volta das 9h50, na região da estação Carrão, na zona leste de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, ainda há passageiros dentro das composições porque as portas dos vagões não abriram.

GHEISA LESSA, Agência Estado

16 Maio 2012 | 11h49

Os passageiros seguem a pé nos dois sentidos da linha, para a Estação Carrão e para a Estação Tatuapé. Devido ao acidente, a circulação dos trens da Linha 3-Vermelha funciona apenas entre as estações Palmeiras/Barra Funda e Tatuapé. Em nota, a SPTrans, informa que todas as linhas de ônibus que circulam na Radial Leste estão seguindo direto até a estação Tatuapé do Metrô, deixando de atender as estações Itaquera, Arthur Alvim, Patriarca, Guilhermina Esperança, Vila Matilde, Penha, e Carrão. De acordo com o Metrô, o serviço do PAESE foi acionado e mantém integração gratuita com a CPTM nas estações Tatuapé e Corinthians/Itaquera.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a Radial Leste tem uma faixa da pista local interditada para a circulação das viaturas do Corpo de Bombeiros e do Samu. Há lentidão desde a Praça Divinolândia até a estação do metrô Carrão, com 5,5 quilômetros de congestionamento. Em entrevista à Rádio Estadão ESPN, um dos passageiros que estavam dentro da composição disse que a batida foi forte e que com o impacto todos os usuários que estavam em pé foram arremessados ao chão.

Mais conteúdo sobre:
acidentemetrôSPferidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.